DESPESAS COM REFORMAS ESTÁDIOS PARA COPA 2014

Chegou ao meu conhecimento, e muitos devem saber igualmente, que para sediar a Copa de Futebol de 2014 o país gastou verdadeira fortuna em publicidade apelativa. Agora, um PPS recebido de amigos esclarece o montante que se irá gastar para a reconstrução - reformas em estádios já existentes - e construções de novas arenas para a prática futebolística.

O dinheiro não virá dos clubes, pois que a maioria deles anda na "corda bamba", financeiramente falando; muitos agremiações esportivas se acham mesmo no "vermelho": salários atrasados, encargos sociais nas mesmas condições e outros problemas inerentes ao mundo de negócios do futebol. Pois pasmem: o montante dessa despesas com estádios para a Copa de 2014 atingirá, de saída, R$ 5.713 bi. É uma "bagatela", para um país que nada em dinheiro, que distribui entre os países irmãos vultosas somas, que perdoa dívidas elevadíssimas aos países africanos e ainda financia não sei que obras ou situações na Grécia. Melhor é lacrar os cofres da Previdência, a fim de se evitar futuros transtornos àquela instituição e aos seus beneficiários.


segunda-feira, 20 de outubro de 2008

MEU PROFUNDO PESAR

Friburgo, 20/10/08

Passei o dia de ontem, um domingo frio e chuvoso, na pequena e pacata cidade de Bom Jardim, aqui perto. Fomos levar os nossos abraços com muita alegria aos nossos parentes que vivem naquele rincão fluminense. Ao churrasco oferecido por eles juntamos o nosso "feijão tropeiro" - comida mineira - com ingredientes diferenciados.

Brincamos; tocamos violão (eu não, que nada sei de instrumento algum), mas cantei, contamos piadas, o caõzito da casa deu o seu show particular e a paisagem em volta encheu de novo os nossos olhos com sua beleza impar!

O churrasco teve seu inicio às 11h30 no momento em que caiam os primeiros pingos de uma chuva fria que se estenderia até o momento do nosso retorno. Tudo era alegria, risadas, bananas cozidas, carne de porco macia como pudim, gelatina multicolorida com creme de leite. Enfim, uma reunião do arromba pela confraternização e pela alegria de todos.

Porém, no Hospital São Lucas, o meu amigo e médico CLAUDIO CHALOUB - nefrologista de primeiríssima qualidade e ilibada competência - dava seus últimos suspiros em uma rendição inevitável de sua alma a Deus! Morria, assim, não tão solitário (a morte é sempre um fenômeno solitário)com uma coragem e aceitação inigualáveis. Consoante seu pedido, o que dele restou foi velado no saguão daquele Hospital, onde o conheci e tomei contato pela primeira vez com o médico que me arrancaria à morte.

Só nesta segunda-feira soube do seu passamento. Já descansa no seio de nossa terra. Foi sepultado às 10 horas desta manhã. Eu, ignorando sua última tragédia, não pude comparecer às exéquias, mas com ele seguem minhas tristezas, minhas saudades e a minha sempre eterna gratidão. Não estou bom, mas estou aqui entre os "vivos", graças a ele que não teve quem o tirasse dessa armadilha armada por um tumor maligno em sua garganta! Deus o guarde em Seu seio e ao Seu amparo. Adeus amigo, até que nos vejamos.
Morani

Um comentário:

Coral de Jovens disse...

Esse dia foi ótimo, Tio! Estava aqui relembrando...já faz 1 ano.
Como o ano passou rápido!
Que todos os almoços de Bom Jardim continuem assim...isso é família! É uma benção!

Bjus na sua testinha brilhante.
Sua sobrinha mala-toda-vida,

Ane Raffaele.