DESPESAS COM REFORMAS ESTÁDIOS PARA COPA 2014

Chegou ao meu conhecimento, e muitos devem saber igualmente, que para sediar a Copa de Futebol de 2014 o país gastou verdadeira fortuna em publicidade apelativa. Agora, um PPS recebido de amigos esclarece o montante que se irá gastar para a reconstrução - reformas em estádios já existentes - e construções de novas arenas para a prática futebolística.

O dinheiro não virá dos clubes, pois que a maioria deles anda na "corda bamba", financeiramente falando; muitos agremiações esportivas se acham mesmo no "vermelho": salários atrasados, encargos sociais nas mesmas condições e outros problemas inerentes ao mundo de negócios do futebol. Pois pasmem: o montante dessa despesas com estádios para a Copa de 2014 atingirá, de saída, R$ 5.713 bi. É uma "bagatela", para um país que nada em dinheiro, que distribui entre os países irmãos vultosas somas, que perdoa dívidas elevadíssimas aos países africanos e ainda financia não sei que obras ou situações na Grécia. Melhor é lacrar os cofres da Previdência, a fim de se evitar futuros transtornos àquela instituição e aos seus beneficiários.


sábado, 6 de dezembro de 2008

COMPARTILHANDO SENTIMENTOS

COMPARTILHANDO SENTIMENTOS


Há muito não tinha a oportunidade de ler um comentário como o desse de 5 do corrente. Trata-se, sob o meu ponto de vista, de um autêntico libelo exacerbado – e com justíssima razão – da parte do titular do “Dissolvendo-no-ar”, meu amigo Hudson. Junto aos seus sentimentos de revolta os meus, tão comuns nesse negro período de crise mundial que as mentes inteligentes e superiores desse nosso Brasil teimam por blindar rigorosamente afirmando a superioridade desta Nação quando uma transição dolorosa se espalha pelo mundo qual vírus mortal.
Max Weber, desaparecido em 1920, de rosto aparentemente sereno, longo, bem talhado e emoldurado por barba bem penteada, olhos firmes de quem sabe de liderança política, burocracia e capitalismo Na certa ele perderia a expressão facial sólida ao se sentar para trocar idéias com os nossos economistas e não gostaria apreciar, mesmo numa poltrona confortável, a mazela que nos trouxe o capitalismo defendido por ele, que emprestava “carisma” a um Carlos Magno e a um Napoleão, ambos capazes como foram em mudar políticas pela excepcionalidade de suas lideranças. O mundo, então, era outro. Não havia a revolução industrial ainda, e os homens começavam uma nova escalada em todos os sentidos, após a Revolução Francesa; esta, sim, catalisadora a mudanças globais. Mas vamos aos nossos governantes, que a cada dia nos levam quase à loucura. São as grandes tragédias de um povo que descortinam a quem se acha focado em seus problemas as verdadeiras personalidades dos homens que se sentam no comando de uma Nação. Nesses desastres naturais, eles sobrevoam de helicóptero as regiões tocadas pelas perdas e pelas dores, e se vão para os seus redutos falar em política, em sucessão presidencial, em PAC, através de seu porta-voz, também interessado no Poder. Falo, sim, do atual presidente da nossa pobre República. O que se vê, é dantesco! Exigem-se medidas mais atuantes e mais céleres, mais pulso forte e menos verborréia, poucas caras fechadas e nada de discursos tonitruantes, que impressionam os leigos e os inocentes gratuitos. Quem ler o comentário “A “CRISE” E AS TRAGÉDIAS” do sociólogo Hudson Luiz Vilas Boas, ficará a par do que acontece nos bastidores governamentais, daqui e de fora, por certo se revoltará e se angustiará por todos os flagelados catarinenses. É realmente desgastante. E ficam para lá nossos irmãos catarinenses à mercê da solidariedade de todos os cidadãos de outros estados, e daqueles conterrâneos que escaparam à hecatombe. Mas não importa; a solidariedade fraterna, de fortes laços, dispensa, por ora, a fingida dor das autoridades, com leves exceções. O mundo ainda há de chorar por ter abraçado o capitalismo com seu egotismo cínico e frio.

Um comentário:

DANIEL PEARL disse...

POR QUE DILMA?
Em 12 de maio de 2008, o presidente Lula disse: "Conquistamos algo que não se mede em números, mas é decisivo para retomarmos o caminho do desenvolvimento: o País voltou a acreditar em si mesmo”. Antes de 2002, as forças conservadoras diziam através da atriz Regina Duarte: “Eu tenho medo do Lula”. Eles tinha medo de perder o poder para um ex-operário, que anos seguintes faria se tornaria no melhor presidente do Brasil. Lula foi iluminado ao dizer: ““Sabemos que temos muito a fazer, mas sabemos também que estamos no rumo certo. Aprendemos que uma boa combinação de políticas econômicas e sociais forma a base da superação de nossa pobreza secular e de nossa desigualdade entre classes sociais e regiões. Temos a certeza de que podemos avançar mais na construção de um Brasil ainda mais justo, e também na construção de um mundo melhor.”

Não podemos retrocer, as conquistas do Governo Lula pertence a Sociedade Brasileira. Em 2007, mais de 1 (um) milhão de famílias adquiriu a casa própria, foram vendidos 2,5 milhões de carros, 100 milhões de celulares, 10 milhões de computadores e 32 milhões de pessoas passaram a ter acesso à internet. O brasileiro passou a ter casa, carro, celular e computador porque conseguiu a satisfação de necessidades básicas, como alimentação adequada, acesso à saúde e à educação. Mais de 9,7 milhões de brasileiros deixassem a pobreza absoluta. O Programa Bolsa Família investiu R$ 9,2 bilhões em 2007 e mudou a vida de 46 milhões de brasileiros. O Produto interno Bruto (PiB) cresceu 5,4% e que as famílias gastaram mais 6,5% em 2007. O mercado interno movimentou a cifra de R$ 1,56 trilhão.

As ações do Governo Lula beneficiam todas as camadas da sociedade: redução da desigualdade, aumento da renda, qualidade de vida, avanços na educação (236 mil jovens no ProJovem (fev/08), 385 mil alunos no Prouni (abr/08) e 229 mil vagas/ano no Reuni (abr/08), mais 10 novas universidades federais, 214 novas escolas técnicas. A Educação vai receber mais de R$ 15 bilhões até 2011 para combater o analfabetismo, promover a melhoria do sistema e universalizar o ensino público brasileiro. Avanços nos Programas sociais: 11,1 milhões de famílias no Bolsa Família (mai/08), 7,9 milhões de pessoas no Luz Para Todos (abr/08), R$ 8,4 bi contratados no Pronaf, R$ 403 mi no Programa de Aquisição de Alimentos, Conta Caixa Fácil da CEF e o Banco Popular do Brasil. Emprego: 11 milhões de ocupações criadas, 8,9 milhões formais (jan/03-abr/08).Aumento do Consumo das famílias brasileiras, Investimentos recordes. Balança comercial positiva.

Nos últimos dois anos, 23,5 milhões de brasileiros passaram a integrar a classe média. Índice mostra nova queda da desigualdade na distribuição de renda. O Brasil tornou-se um País menos desigual. O crescimento econômico, aliado às políticas sociais do governo Lula. Outro indicador positivo foi a redução da miséria. Cerca de 9,7 milhões de pessoas deixaram o estado de pobreza absoluta, entre 2003 e 2006.

Nunca um presidente fez tanto pelo seu povo. Nós que fazemos o BLOG DA DILMA, queremos convocar a Sociedade Brasileira a lutar para continuidade de todas essas conquistas e não deixar que o PSDB venha destruir o sonho de um Brasil, numa provável eleição de um candidato tucano em 2010. O Capitalismo Neoliberal está em crise, às privatizações não deram certo em lugar nenhum, as mentiras do sociólogo Fernando Henrique Cardoso ninguém aceita mais e nem a interferência da Mídia Conservadora e Burguesa na escolha do próximo presidente da República.

Por que Dilma? A Ministra Dilma Rousseff é competente, séria, idônea, mulher talentosa, experiente, organizada, pulso firme, sensível, mãe... A candidata do presidente Lula e do povo brasileiro. Dilma será a renovação da esperança de um Brasil de Todos. Dilma será a primeira mulher a se tornar presidente do Brasil, um orgulho para todas as mulheres e também para todo brasileiro.

Convido você a divulgar o BLOG DA DILMA (http://dilma13.blogspot.com/). Coloque nos seus favoritos, nos links dos blogues, faça cartazes, distribua adesivos, envie e-mail para seus familiares, parentes e amigos. Participe! Não fique parado. É hora de reagir contra as Forças do Atraso.

Atenciosamente,
Daniel (Pearl) Bezerra de Oliveira
Editor geral do BLOG DA DILMA - http://dilma13.blogspot.com/
e do blog jornalístico DESABAFO BRASIL: http://desabafopais.blogspot.com/