DESPESAS COM REFORMAS ESTÁDIOS PARA COPA 2014

Chegou ao meu conhecimento, e muitos devem saber igualmente, que para sediar a Copa de Futebol de 2014 o país gastou verdadeira fortuna em publicidade apelativa. Agora, um PPS recebido de amigos esclarece o montante que se irá gastar para a reconstrução - reformas em estádios já existentes - e construções de novas arenas para a prática futebolística.

O dinheiro não virá dos clubes, pois que a maioria deles anda na "corda bamba", financeiramente falando; muitos agremiações esportivas se acham mesmo no "vermelho": salários atrasados, encargos sociais nas mesmas condições e outros problemas inerentes ao mundo de negócios do futebol. Pois pasmem: o montante dessa despesas com estádios para a Copa de 2014 atingirá, de saída, R$ 5.713 bi. É uma "bagatela", para um país que nada em dinheiro, que distribui entre os países irmãos vultosas somas, que perdoa dívidas elevadíssimas aos países africanos e ainda financia não sei que obras ou situações na Grécia. Melhor é lacrar os cofres da Previdência, a fim de se evitar futuros transtornos àquela instituição e aos seus beneficiários.


sábado, 14 de novembro de 2009

SOBRE "SERÁ SOMENTE ÁGUA?"

Blogger Blog do Morani disse...

Entre os elementos encontrados no planeta Terra, a água abundante ocupa a terceira posição entre os principais citados elementos que mantêm a Vida aqui, onde já viveram milhares de civilizações e ainda existindo, indefinidamente, consumindo-a, desde remotas época. Que manancial pleno tem sido esse enigma que é a água. Porém, ela não durará para sempre se o homem não intervir de modo inteligente no controle de seu uso. Os lençóis freáticos se exaurem; os aquíferos sofrem com a modificação da atmosfera e, pois, com os ciclos pluviais dando mostras cabais de que a precipitação das chuvas já não são tão pródigas como foram antes. 70% do nosso planeta é composto de água - os oceanos -, que não estão ali somente para nos encher os olhos com sua beleza e contribuir ao nosso lazer. O papel dos mares é bem mais importante do que se possa imaginar. Atmosfera e oceanos são um só, podemos avaliar assim. Se eles correspondem a 70% da parte líquida da terra, o homem, por seu lado, tem em seu peso 80% desse precioso líquido. Não só o homem, mas todas as criaturas vivas. Portanto, quando os sábios da Terra pensarem num meio lógico de consumo devem elaborar estudos nunca feitos antes do século XX. Tecnologias existem para esse objetivo, mas é necessário, antes de tudo, prevenir, em meu modo de ver, a expansão humana sobre a face deste planeta sabendo, de antemão, que terão pela frente as barreiras ideológicas da Igreja com grande influência no comportamento humano no que tange ao controle da multiplicação de seres. A água deverá ser em futuro não muito distante o motivo principal das futuras guerras entre as nações. Quaisquer estudos no mais ínfimo dos municípios deverão levar em conta opiniões dos leigos que, por menos que saibam, sempre terão respostas mais ou menos lúcidas aos seus problemas no uso e na preservação de seus rios, lagos e nascentes.

30 de Outubro de 2009 13:58

Um comentário:

Kraxpelax disse...

N'est-que pas que la solitude en soi-mème eveille un peu d'attente fébrile? Voici l'entrée, vide, discrètetement illuminée comme une musée nocturne – la terasse, avec ses flottant torchères dans un étrangement doux soir d'Avent – la vestibule et le murmure vocale s'écartant – la très propre chambre et la musique dansante derrière le mur – et le bar avec les drinks mondains – le bassin où le nageur entrâine, longeur de longeur, il en n'a pas assez, il faut y mettre de sien – et enfin la fille du coin de couloir obscure q'elle tourne vers'l haut noire et pâle, vince, determinée et pure de style comme un moderne avion de chasse suédois.


Poétudes

SONNET XXXIX FOR KATIE

I went downtown, saw Katie in the nude
on Common Avenue, detracted soltitude
as it were, like a dream-state rosely hued,
like no one else could see her; DAMN! I phewed;

was reciprokelly then, thank heaven, viewed,
bestowed unique hard-on! but NOT eschewed,
contrair-ee-lee, she took a somewhat rude
'n readidy attude of Sex Prelude; it BREWED!

And for a start, i hiccuped "Hi!", imbued
with Moooood! She toodledooed: "How queued
your awe-full specie-ally-tee, Sir Lewd,
to prove (alas!), to have me finely screwed,

and hopef'lly afterwards beloved, wooed,
alive, huh? Don't you even DO it, Duu-uuude!"

My English Poetry Blog

More...

Casualidad sopla la sangre
de alguno señor desconocido
durante los pocos restantes
momentos del resplandor de faroles

que se vislumbran tras el follaje
flameando de las obsesiónes
igual efimero como gotas
del cinzano de la soledad –

En aquel tiempo me levanta
dentro uno incidente avejentado
que en seguida palidece
al camouflaje de abstraccion;

chica, nadie conoce que tus grisos
ojos significan aún; con todo
el sueño que hube evacuado
tu escudriñas nuevamente.

My spanish poetry blog

More...

Consider Sex and time, procreation, reincarnation. Trigonometry! I envisage the time axis as the repetitive tangens function. Do you see what I mean? What can be tentatively derived from this notion? Clue: orgasm AND birth pangs at tan 0.

My Philosophy

My Music Blog

My Babe Wallpapers

You are very welcome to promote your blog on mine. They are well frequented, so there's mutual benefit.

- Peter Ingestad, Sweden