DESPESAS COM REFORMAS ESTÁDIOS PARA COPA 2014

Chegou ao meu conhecimento, e muitos devem saber igualmente, que para sediar a Copa de Futebol de 2014 o país gastou verdadeira fortuna em publicidade apelativa. Agora, um PPS recebido de amigos esclarece o montante que se irá gastar para a reconstrução - reformas em estádios já existentes - e construções de novas arenas para a prática futebolística.

O dinheiro não virá dos clubes, pois que a maioria deles anda na "corda bamba", financeiramente falando; muitos agremiações esportivas se acham mesmo no "vermelho": salários atrasados, encargos sociais nas mesmas condições e outros problemas inerentes ao mundo de negócios do futebol. Pois pasmem: o montante dessa despesas com estádios para a Copa de 2014 atingirá, de saída, R$ 5.713 bi. É uma "bagatela", para um país que nada em dinheiro, que distribui entre os países irmãos vultosas somas, que perdoa dívidas elevadíssimas aos países africanos e ainda financia não sei que obras ou situações na Grécia. Melhor é lacrar os cofres da Previdência, a fim de se evitar futuros transtornos àquela instituição e aos seus beneficiários.


terça-feira, 5 de janeiro de 2010

NOTÍCIAS DE "PPS" DO EXTERIOR

---------- Forwarded message ----------

Date: 2010/1/5
Subject: Fwd: O PINGUÇO-MOR e suas Pérolas Etílicas....
To: Morani


PPS recebido de correspondente no Japão, que já viveu muitos anos no
Brasil e há 12 vive na Terra do Sol Nascente, com idas a França e a
Frankfurt, a trabalho humanitário. Esse correspondente não faz parte,
portanto, do famoso PIG a que tanto se reportam os que defendem o
indefensável a unhas e dentes. É preciso esclarecer que "Le Monde",
jornal da imprensa comunista francesa, recebe propinas de governantes
para serem "eleitos" o Homem do Ano na França, com repercussões no
mundo inteiro. Foi assim a Hugo Chávez, que doou 50 milhões de dólares
àquele jornal que hoje nada mais tem a dizer ao povo francês. Um
jornal com mais de 100 anos se presta, hoje, a esse expediente! Agora,
me desculpem os que têm direito a defender o senhor Lula, umas
palavras da cientista, Prêmio Nobel, Dra. Rita Levi-Montalcini, de 100
anos de idade, especialista do sistema nervoso humano, a uma pergunta
de um jornalista sobre Hitler e Mussolini:

"Hitler e Mussolini souberam falar ao povo, onde sempre "prevalece o
cérebro emocional" por cima do "neocortical" - o intelectual.
Conduziram emoções, jamais razões."

Essas palavras vêm de uma estudiosa, que para se dedicar aos estudos
sobre o sistema nervoso, que a apaixonou desde o princípio, abriu mão
a um casamento contrariando ordens paternas.

Lula ou não sabe o que fala, mas fala, ou é orientado por algum
"guru", quando se dirige ao povo pobre brasileiro em cujos cérebros
domina o emocional, nunca o racional. Friso, ainda mais: não faço
parte do PIG. Não sou jornalista. Sou tão somente um brasileiro que se
não deixou ser inoculado com o "virus" Lula e suas frases de
(de)efeito. Desculpem-me, por invadir seus sites e blogs, mas em
momento tão importante, como se faz nesse ano de elições, não poderia
jamais me recusar esse direito de contribuir um pouco para melhor e
isenta considerações dos apaixonados pela figura Lula.

Reconheço que a muitos parecerei um "enxerido" - para ficar mais de
acordo ao Homem do Ano para o "Le Monde", que nada tem a nos dizer
também.


Morani

Um comentário:

Prof. Yuri Almeida Gonçalves disse...

Lula teve acertos, mas a lulamania é maior que tais. Gostei do texto, parabéns!